Economizar não é ser “Pão Duro”

Quando estamos fazendo gestão financeira familiar fatalmente vamos falar de redução de despesas. Com toda certeza o assunto vai passar no ponto onde vamos precisar cortar despesas. E aí surge algo que eu chamo de “A síndrome do Pão-duro”. Se você não conhece este termo “Pão-duro”, é algo que popularmente nós chamamos aquela pessoa avarenta, que tem muita dificuldade de colocar a mão no bolso pra comprar qualquer coisa.

A economia familiar muitas vezes é mal interpretada. As pessoas ainda confundem economia com avareza. Precisamos entender que economia está ligada a bons hábitos e aplicação de melhores práticas. Quando decidimos economizar precisamos entender que estamos decidindo utilizar de bons hábitos, não é simplesmente parar de comprar ou até mesmo deixar de fazer o essencial.

Quando estamos no contexto de implantar a economia em nossa casa estamos na verdade optando por eliminar os excessos e coisas supérfluas. Isso sim é economia saudável. Quando nós começamos a fazer uma auto-reflexão conseguimos entender o que pode ser realmente reduzido e modificado, sem que isso nos gere o transtorno de tirar algo que nos dá prazer e que seja imprescindível em nossa vida.

O fato da economia ser mal entendida tem feito com que muitas familias deixem de economizar porque não conseguem ver esta mudança como algo benéfico e saudável para a família.

Não confunda economia com a avareza, ou como popularmente chamamos de “pão-durismo”. A economia é necessária, saudável e traz muitos resultados.

0 responses on "Economizar não é ser “Pão Duro”"

Leave a Message

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Setup Menus in Admin Panel